Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


quinta-feira, 4 de março de 2010

Verdades Minhas


Tem coisas das quais eu não abro mão,
Tem coisas das quais eu faço questão...
Não espere de mim insinuações, a verdade é minha determinação;
Não sei viver desmotivada, preciso de motivos, preciso de paixão;
Nunca espere que eu disfarce os meus sentimentos, sou por demais transparente;
A opinião dos outros não me tira o sono, durmo em paz com aquilo que sou;
Não quero que ninguém me julgue, por isso também não julgo ninguém;
Não sou melhor nem pior do que ninguém sou normal e sou inteira;
Não sei dizer o que não sinto, eu sou aquilo que sinto;
Não prometo o que não posso cumprir, eu sou o que digo, o que faço e o que sinto;
Não sei viver sem sonhar, é o sonho que me move;
Não espere de mim insinuações e joguinhos bobos, eu gosto é de intensidade;
Não queira ser meu dono, a liberdade norteia minhas ações;
Não prometa o que não pode cumprir...também eu gosto de respeito;
Não queira me aprisionar, nasci predestinada a voar!

By: Mari

6 comentários:

Renata Rainho disse...

voe!

Graça Tristão disse...

MARI SEMPRE ESTOU AQUI PARA TE LER E ACABO NÃO DEIXANDO RECADO... MAS HOJE QUERO PARABENIZÁ-LA PELOS POSTS E POR TUDO QUE ESCREVES E POR SINAL MUITO BEM...
UM LINDO FDS PRÁ VOCÊ E OS SEUS...
BJ
GRAÇA

Mari disse...

Tô voando Rê, to voando!
Beijos

Mari disse...

Oi Graça, faço minhas as suas palavras amiga!
Fico contente que você apreciei o conteúdo aqui do cantinho, é uma coisa que faço com muito carinho, meu blog é um pedacinho de mim!
Beijos querida

JOE ANT disse...

"Muito além das coisas mais belas, muito além das estrelas, está você... Muito além..."
====
Fechado na minha mão tenho,no fundo, toda a questão!
Daquilo que espero, daquilo que preciso, daquilo que quero, daquilo que viverei.
Longe dos meus juizos, dos meus motivos, dos meus devires, dos meus sentires.
Sem promessas, sem compromissos, sem esquiços.
Com sonhos movidos a espertinas, com espertinas causadas por questões não resolvidas.
Com prisões sem grades mas que, mesmo assim,
não libertam a ave sedenta que apenas quer voar.
=====
Tudo aquilo que me fará ir...
"Muito além" (Al di la)...

Mari disse...

Joe,
Você disse tanto agora!
Poeta é poeta e sua presença aqui é sempre uma alegria!
Beijos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails