Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


quinta-feira, 22 de abril de 2010

Poesia de Zeca Baleiro


Ando tão à flor da pele
que qualquer beijo de novela me faz chorar
ando tão à flor da pele
que teu olhar flor na janela me faz morrer

ando tão à flor da pele
que meu desejo se confunde com a vontade de não ser
ando tão à flor da pele
que a minha pele tem o fogo do juízo final...

(Zeca Baleiro)

5 comentários:

manuel marques disse...

Lindooooooooooooo.

Beijo.

Leonardo B. disse...

[amiga Mari: venho fazer reclamação... falou muito pouco de Chico Xavier, este mês... como se comprometeu! Quem não conhece, como este humilde, fica com sede... :)
Mas em sinal da nossa amizade, não vou ficar zangado... só um bocadinho ;) ]

um imenso abraço, Mari

Leonardo B.

Mari disse...

Boa noite Manuel!

Mari disse...

Meu querido Leonardo...
Você tem tazão...me empolguei com uns outros escritos e não cumpri o prometido.
Ainda bem que você coloca a amizade acima disso..e fica só um pouquinho bravo comigo!
Um abraço e carinho

*Teresa Cristina* disse...

Ai Zeca Baleiro com akele vozeirão me rouba o fôlego!!
lindo demais!
Bjs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails