Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


segunda-feira, 28 de junho de 2010

Bom dia!


Assisti novamente o filme Click.
Para mim um filme a ser visto uma segunda vez, com mais atenção, para aproveitar melhor a lição que ele nos passa.
A gente vive uma vida corrida, agitada e estressada...infelizmente todos passamos por estas situações diariamente.
E quantas vezes eu mesma já me peguei falando coisas do tipo:
- "Não sei porque as pessoas não possuem uma teclinha de ON e OFF, assim eu poderia desligá-las quando estivessem passando dos limites!"...ou
- "Ah se eu pudesse apertar o rewind e voltar àquela situação tão boa!"...
Coisas deste tipo que não só eu, como a maioria das pessoas às vezes pensam.
E o filme nos mostra exatamente estas situações sendo possíveis...e também quais seriam as possíveis consequências de ter um controle remoto assim tão poderoso...mudando radicalmente as nossas vidas.
Depois que o filme terminou, refleti sobre o que ele me passou de lição...
Acredito cada vez mais que devemos apreciar todas as situações sejam elas boas ou ruins, para tirarmos algum proveito delas...(sabendo que cada coisa dura o tempo exato...nem mais, nem menos), para valorizarmos cada instante bom e curtir ao máximo o momento...ou então, frente a uma situação ruim e de estresse... aprendermos com elas.
Porque a vida é uma mágica...onde no mesmo instante que parece estar tudo ruim e perdido...vem o instante seguinte e pronto, tudo pode mudar e voltar a ser bom ou melhor do que era antes.
Por isso eu penso que a gente precisa fazer o possível para viver menos ancioso, eu sei que não é fácil, mas a cabe a cada um de nós se esforçar mais e mais neste sentido...é uma questão de força de vontade mesmo, de pré-disposição, de uma vontade férrea de mudar as nossas atitudes diárias, mudar a forma como encaramos os nossos erros e acertos, mudar a forma como tratamos a nós mesmos.
Porque se não fizermos nada neste sentido, passaremos a viver movidos por este sentimento de ansiedade e de imediatismo...e não sentiremos a intensidade de cada coisa que nos acontece todos os dias...e assim como no filme só iremos perceber o que realmente importa quando for tarde demais...
Com uma diferença...no filme ele estava sonhando e quando acordou ainda tinha a oportunidade de seguir pelo melhor caminho!

By: Mari

24 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Bom dia Mari!

Saudades aqui do seu cantinho.
Dei uma sumidinha por que fui para o interior passar o feriadão, mas de volta, firme e forte.

Bem reflexivo o texto e já controlo um pouco melhor a minha ansiedade.

Acho que temos que viver um momento por vez e com intensidade.

E tem que ser agora!!!

Xeros

Flavio Ferrari disse...

Pois é ... quando assisti o filme também fiquei pensando.
A gente quer que os momentos difíceis e chatos passem logo e, quando se dá conta, a vida passou muito depressa.
Então resolvi colocar mais momentos gostosos na vida.
Como o tempo é um só, sobra menos para os momentos chatos ...

Pelos caminhos da vida. disse...

Assisti esse filme ontem, gostaria tb de ter um controle assim, resoveria muitas coisas com certeza.

Vim te convidar para conhecer o mais novo espaço meu e da amiga, Marcia, um espaço direcionado a nós mulheres, será um prazer te ver por lá.

O link é esse aqui:

http://meninaspoderosasdoblog.blogspot.com/

beijooo.

Pérola disse...

Menina,esse filme é maravilhooooooooooso uma obra para ser mais exata pois traduz com perfeição o real valor da vida e das pessoas q nos acompanham.
Ñ vou desativar o blog,ele vai ficar de recordação. Eu tentei arruma-lo mas ñ consegui achei q ele ficou fora de foco então decidi fazer outro com à ajuda de um amigo,pq eu ñ sei fazer sozinha rs.
Tá tuuuuuuuuuuuuudo bem,mudanças de vez em quando é bom rs.
Obrigado amada pela visita e parabéns pela postagem.
Beijo grannnnnnnnnnnnnnnde

Ava disse...

Por esses caminhos da blogosfera, acabei caindo aqui, e claro, fui ler seus post...
Sobre o filme, não assisiti ainda, mas com certeza, depois de voce, vou assistit...

Beijos e prazer em conhecer!

Graça Pereira disse...

Não conheço o filme...mas vou vê-lo! Para tu o teres visto duas vezes...é porque vale... estou a precisar de relaxar, controlar a minha ansiedade e também...estou a precisar de férias!! O mês de Junho foi desgastante para mim...muito trabalho no voluntariado e não só!
Acontece que não sei dizer Não e...tudo me cai em cima...Decorações para casamentos, livrinhos para a cerimónia e convites... por aí fora!
Está muito calor por aqui...vou até ao meu jardim, com um refresco na mão...e fico por lá!!
Beijocas
Graça

manuel marques disse...

Click,gostei do texto.

Beijo.

Aninha disse...

Oi Mari!
Gostei da sua postagem...
mas vim aqui também para saber a respeito do filme "Nosso Lar" que vc disse que ia estrear nos cinemas.
Isso seria ótimo! E eu... contigo... estaremos na primeira fila!!!
;)
Por acaso não ouvir falar, mas se for mesmo, vai ser muito bom!!!
Se souber de mais detalhes, me avisa, ta?

Bjinhos e muita paz!
Uma ótima semana!!!


Aninha

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Mari
Não assisti esse filme , mas depois de seus comentários, vou providenciar vê-lo.
Beijos

Mari disse...

Oi Ana,

Senti sua volta e fico contente em tê-la por aqui de novo!
Ah minha amiga...essa tal de ansiedade é uma coisa viu? Mas com jeito a gente vai aprendendo a lidar com ela.
Um beijo

Mari disse...

Sábia a sua decisão Flavio...
Mas ainda assim a gente está sujeito infelizmente...aos momentos não tão agradáveis, que por fim nos ajudam a aprender.
Mas gostei da sua dica!
Um beijo

Mari disse...

Pois é Ana, um controle destes ajudaria,mas a gente precisaria ter um cuidado danado...viu bem o que sucede no filme né?
Um beijo

Ah, já fui lá visitar o espaço e adorei!
Um beijo

Mari disse...

Oi Pérola,

Entendi minha flor. De qualquer forma já estou lá te fazendo companhia!
Um beijo

Mari disse...

Oi Ava,

Seja bem vinda ao Cantinho.
Assista sim, tenho certeza de que você vai gostar!
Beijos

Mari disse...

Graça querida,

Assia sim, penso que você irá gostar!
Ah minha amiga, esta mania de não saber dizer não acaba por nos causar muitos trantornos. Sou parecida contigo, mas estou aprendendo a dizer não, a gente precisa e faz bem também!
Um grande beijo

Mari disse...

Oi Manuel,

Que bom que vc gostou!
Beijos

Cacá disse...

Já vi duas vezes. A princípío parece um filme de comédia ingênua, mas a mensagem é exatamente como você descreve. Muito bom, Mari. Meu abraço. Paz e bem.

Naty Araújo disse...

Sabe que eu não tinha olhado por esse lado ainda?
Assisti tbm e realmente é uma bela lição.
Gostei da ideia que vc passou aqui e por ter postado tbm.

Às vezes queremos que algumas coisas voltem e que outras passe rapidamente e esquecemos que o agora é que importa.

Beijos, Mari.

cantinho she disse...

Oie Queridona, não conhecia esse filme e tb assisti e achei bem interessante, mas não vi todo não e o que vi foi em partes também, mas consegui captar a mensagem dele e achei inteligente demais a proposta, só que bem capcioso e por conta disso acho que nem todos perceberão tamanha importância. O filme é criativo e genialmente verdadeiro em suas metáforas. Adorei o post! Depois até quero rever pra poder ser do início ao fim, me emocionei várias vezes com o filme porque a gente acaba jogando pra nossa vida e relembrando pessoas que já se foram e que seria tão bom se pudéssemos dar o "voltar" ou até mesmo vivenciá-los em câmera lenta... muito interessante mesmo!
Beijo, beijo!
She

António disse...

Olá, entrei por mero acaso, não vi o filme ainda, mas na verdade vivemos num mundo stressante, onde tudo tem que correr mais depressa cada dia, como era bom ter tempo para parar, respirar, viver, amar.

Bjs

Mari disse...

Verdade mesmo Cacá...e as aparências enganam não é?
bjs

Mari disse...

É a mais pura verdade Naty, e foi exatamente o que o filme me passou...e pelo jeito a todos nós!
bjs

Mari disse...

Sheila,

Vale a pena sim assistir ao filme todo, faça isto minha querida!
Um beijo

Mari disse...

Antonio...
Procure assistir e depois me conta o que vc achaou!
Um abraço

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails