Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


quinta-feira, 22 de julho de 2010

Apesar de...


Às vezes minha ânsia em ser é tanta, que sinto como se estivesse sofrendo de vida, ou de amor, ou de êxtase...tamanha a febre que se instala na minha urgência de viver...
Vejo-me saída da escuridão da noite e jogada bruscamente no clarão de um dia de sol...mansamente abro os olhos...que doem de tanta claridade, mas preferem a dor a permanecerem confortavelmente fechados para evitá-la...
É um reflexo de quem acabou de sair da insana busca de viver, de sentir, de ser e estar....
Eu gosto de provocar e de provar as reações de vida e de curiosidade...eu sou assim, vida e perguntas... vontades e respostas...
Sinto-me irremediavelmente presa à vida, como se o paraíso de viver fosse estar sempre suspensa entre a magia e a loucura que é querer sempre mais!
Não me canso de ser...eu gosto de ser a todo instante uma mulher que reage a cada estímulo e muda sem medo...não me prendo à limitação de entender, porque na verdade o encanto está em nada entender e tudo sentir...
Apesar de toda esta minha loucura e confusão...às vezes sinto que sou guiada por alguma sabedoria que habita cá dentro de mim...
E apesar de tudo, apesar do nada...apesar da angústia, apesar da euforia, apesar do medo, apesar da coragem...e apesar de todos os pesares... eu sinto que estes pesares a todo instante me empurram em direção a uma nova existência... que a cada novo pesar ou apesar de...traduzem a minha essência!

By: Mari

18 comentários:

Flavio Ferrari disse...

Ausências que preenchem lacunas ...

Yasmine Lemos disse...

fique quieta,escuta o silêncio,ele fala com você muito mais do que os questionamentos do vazio.Bomdia mari
beijo e muita LUZ!

Mari disse...

É Flávio...às vezes é assim mesmo!
Um Beijo

Mari disse...

Bom dia Yasmine...
Um beijo querida

Zezinha Sousa disse...

Olá, Mari, fiquei alegre de te encontar no meu cantinho, tb menina, com esse sorriso da foto, não dá como não sorrir pra vc tb. AMEI o seu texto,gostoso de ler e sentir. Bjos!!!!

JOE ANT disse...

"Possuir é perder. Sentir sem possuir é guardar, porque é extrair de uma coisa a sua essência.

(Fernando Pessoa)
*****
Com ânsias...
Extases...
Urgências...
Vontades...
Angústias...
Apesar de a nossa existência ter muitos outros "reguladores" encobertos.
***
Serão essenciais ???

Mariana disse...

Nossos sentimentos as vezes tem a força de um tornado,cabe à nós sermos mais fortes q ele.
Belo texto para reflexão.

Delta do Amazonas disse...

Meu Raio de Sol,

Disse certa vez um poeta:

"Luminosa manhã, pra que tanta luz?
Dá-me um pouco de céu, mas não tanto azul.
Dá-me um pouco de festa, não esta que é demais para os meus anseios.
Ela veio me olhar, você sabe.
Ela veio!

Despertou-me sorrindo e até, me beijou.
Eu abri a janela e esse sol, entrou.
De repente, em minha vida, já tão fria e sem desejos.
Estes festejos, essa emoção.
Luminosa manhã, tanto azul, tanta luz.
É demais pro meu coração"

Feliz de quem, como você, se vê inundado de luz numa certa manhã.

Um beijo

Bleeding_Angel disse...

E q essencia vc tem Mari!
Essencia de poucos, pode ter ctza.
Todo este turbilhaum de sentimentos faz de vc a pessoa incrivel q eh.
Bjos.

manuel marques disse...

"Torna-se indispensável manter o vigor do corpo, para conservar o do espírito ."

Beijo.

Você em Pauta disse...

Queria saber como cheguei aqui, na realidade queria saber exatamente o que fiz buscar aqui....

Para falar a verdade essas perguntas podem e com certeza team respostas, mas uma colisa que de fato ano quero saber, e nem quero que ninguem me fale é como sair daqui....

Todos nós precisamos de um cantinho fora de nós, sabe, como se fosse uma extensao de nós mesmos. Somente assim consegumos ver aquilo que nao enxergamos em nós mesmo...

Não li seu post, aprendi com ele, vive a ansiedade de cada palavra, a gestação de cada verbete...

Na realidade, talvez eu tenha sonhado com elas, e como esse sonho foi bom.....

Para terminar apenas tenho a falar que nao irei terminar....

escolho esse lugar para dele fazer minha eternidade, e da eternidade apenas podeos esperar que ela seja eterna....

Eternamente por aqui estarei....

Tem um café quente por ai?

Mari disse...

Oi Zezinha...

Que bom minha amiga...venha sempre, fico contente em saber que gosta do Cantinho!
Beijos

Mari disse...

Joe querido...

Tudo meu amigo é essencial ou supérfulo...depende da situação e de como encaramos a vida!
Obrigada pela frase do meu adorado Pessoa!
Beijos

Mari disse...

Falou bem Mariana...
Obrigada pela visita, seja bem vinda!
Beijos

Mari disse...

Sergio meu essencial amigo!

Quanta saudade de ti, espero vê-lo no evento de sábado!
Só você mesmo meu amigo...para me deixar sem palavras!
Obrigada por existir em minha vida!
Amo você!
Beijos

Mari disse...

Oi Lukas querido

Estava com saudade, ainda bem que já resolveu o seu probleminha técnico!
Obrigada querido, pelo carinho...me deixa assim, sem palavras!
Um beijo grande

Mari disse...

Verade Manuel!
Você sempre assertivo!
Beijos

Mari disse...

Olá Felliphe, seja bem vindo.

Fico muito feliz de saber que se sentiu assim aqui no Cantinho.
Fique quanto quiser e venha sempre!
Um abraço

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails