Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


terça-feira, 13 de julho de 2010

Salve Sakineh

Uma iraniana em Bruxelas protestando a morte desumana por apedrejamento.
Foto: Thierry Roge/Reuters

Caros amigos,

Vi esta postagem no blog Irmãos de Luz, do amigo Manoel Trajano. e divido aqui com vocês, para que todos nós possamos fazer a nossa parte!

Graças a protestos globais a iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani acabou de escapar da morte por apedrejamento.
Ela ainda poderá ser enforcada, mas a execução por apedrejamento continua. Agora mesmo outras 15 pessoas estão no corredor da morte aguardando serem apedrejados, onde as pessoas são enterradas até o pescoço e pedras enormes são jogadas nas suas cabeças.
O perdão parcial a Sakineh, fruto dos esforços dos seus filhos em gerar uma pressão internacional, mostrou que se nós nos unirmos manifestando o nosso horror, nós poderemos salvar a vida dela e acabar com o apedrejamento de uma vez por todas. Assine a petição urgente agora e depois envie para todos que você conhece -- vamos acabar com estas execuções crueis agora!


O Mundo em ação

Sakineh foi condenada por adultério, assim como as outras 12 mulheres e um homen, que aguardam o apedrejamento. Mas os seus filhos e um advogado diz que ela é inocente e que ela não teve um julgamento justo, dizendo que a sua confissão foi forçada e como ela só fala azerbaijano, ela não entendeu o que estavam perguntando no tribunal.
Apesar do Irã assinar a convenção da ONU que requere que a pena de morte seja usada somente para os "crimes mais sérios" e apesar do parlamento iraniano passar a lei banindo o apedrejamento ano passado, o apedrejamento por adultério continua.
Os advogados de Sakineh dizem que o governo iraniano "está com medo da reação pública no Irã e da atenção internacional" para acabar com o apedrejamento. E depois dos Ministros da Turquia e do Reino Unido se declararem contra a sentença de Sakineh, ela foi suspensa.
Os corajosos filhos de Sakineh estão liderando uma campanha internacional para salvar a sua mãe e acabar com o apedrejamento. Uma comoção internacional agora pode acabar com esta punição terrível. Vamos nos unir hoje ao redor do mundo para acabar com esta brutalidade. Assine a petição para salvar a Sakineh e acabar agora com o apegrejamento:

O Mundo em Ação

Com esperança e determinação,


Alice, David, Milena, Ben e toda a equipe Avaaz


Fontes:
Irã suspende apedrejamento de mulher por adultério:


http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5hv571JPald9bw84cvILn-E3M_ahQ


Pena de morte para mulher no Irã causa comoção internacional:


http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4558434-EI294,00-Pena+de+morte+para+mulher+no+Ira+causa+comocao+internacional.html


Sakineh foi poupada mas 12 mulheres e três homens aguardam a morte por apedrejamento:


http://jornal.publico.pt/noticia/10-07-2010/sakineh-foi-poupada-mas-12-mulheres-e-tres-homens-aguardam-a-morte-por-apedrejamento-19796926.htm


Faça você também a sua parte, assine o manifesto e divulgue...
Podemos sem fazer a diferença!
 
Mari

5 comentários:

Marliborges disse...

Já assinei a petição Mari, e estou passando para meus contatos. Que tristeza isso, mas faremos a nossa parte para acabar com esses horrores.
bjsssss

Zezinha Sousa disse...

Olá, Mari, seu filho é um rapaz muito bonito e vc é muito jovem pra ter um filho tão grande assim. Além dos meus 5 filhos, tb tenho 4 netos e um chegando, a família continua crescendo e eu amo isso. Te via lá na Casa da Poesia e achava que vc tinha uns 20 anos, com essa carinha de menina! A telinha, sua xará tb tem um filho, rapaz assim como o seu, quanta coincidência! Espero te encontrar mais vezes lá no meu cantinho. Voltarei sempre, gostei daqui. Bjosss!

Mari disse...

Oi Marli,

Obrigada amiga...não custa nada e faz diferença!
Beijos

Mari disse...

Ah Zezinha...

Ganhei o dia hoje...adorei o elogio rs
Obrigada e conte comigo sempre por lá!
Um beijo

JOE ANT disse...

Já nem comento assuntos destes.
...
Eu, nos meus anos de África e Médio Oriente, assiti muitas vezes a estas "bestialidades".
Já lá vão tantos anos e a tragédia continua.
E sempre se falou e discutiu.
Para quê?
...
Talvez seja desta!
Mas se não forem públicas, serão os maridos e os familiares (impunemente).

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails