Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Uma frase...


"As vezes não sentir, é o único meio para sobreviver."


(do filem: A Vida Secreta das Abelhas)

7 comentários:

Yasmine Lemos disse...

Mari!!!!! tô numa ansiedade danada...obrigada pela força,darei noticias beijossss

Guará Matos disse...

Mas também corremos o risco de não nos envolvermos, pecarmos pela omissão e não darmos a nossa cota.
Viver já é um risco.

Bjs

Luciane disse...

Olá, Mari, querida! Que delícia de frase! Sabe que travo uma luta diária com o meu "sentir"? rs Tantas vezes precisaria deixar de sentir um pouquinho que fosse! Mas sobrevivo! Graças a Deus! Faço de conta que não sinto! E sobrevivo!
Um beijo!! Saudades do seu cantinho!

Luciane

JOE ANT disse...

"O único meio para sobreviver é ser-se lembrado, ser histórico.
Todo herói entrega-se prematuramente à morte, à condição de sobreviver na memória de todos".
***
Deixe-me ser o herói desse filme!

Leonardo B. disse...

[... mas nunca um fim, um objectivo para a vida: que seria da árvore sem a raiz e a seiva?]

um imenso abraço, Mari

Leonardo B.

Tatiane Garcia disse...

Sou obrigada a concordar amiga!!! tem horas que só se fazendo de insensível mesmo!!!

Mari disse...

Só as vezes...não sentir, para se proteger...pelo menos um pouquinho, de vez em quando.
Porque às vezes se não fizermos isto, a gente não aguenta o tranco!

Beijos a todos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails