Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Espirais do tempo...saudade!



Ah! que saudade grande apertando o meu coração...
Saudade de tudo que foi e se repetiu tanto, mas que hoje não é mais.
Eu sei, eu sei...que não se vive de saudade, mas tem dias que não tem jeito.
Independe da minha vontade.
Ela simplesmente chega, se instala, se apodera...
Nestas ocasiões não tem jeito, não adianta lutar...melhor mesmo é se entregar.
Recordar, sentir de novo a presença do motivo desta saudade...
Reviver momentos que não se apagarão jamais de dentro de mim...
Relembrar as coisas ditas, os sentimentos sentidos, as emoções intensas...
Ouvir de novo a melodia de uma voz que enche a alma de alegria...
Olhar fotos antigas dos lugares onde estivemos juntos...
Mar, montanha, céu...tudo envolvido pela moldura da minha saudade...
As minhas fotos sorrindo...um sorriso que só você fotografou...
Os videos feitos....eu ainda os tenho guardados.
Tudo hoje, aqui dentro de mim exala você, pede você, quer você!
Mas você não está...
Só ela me faz companhia, só ela me aperta o peito...
Tem coisas que não vou esquecer, mesmo sabendo que não posso ter....
Tem coisas que vão ficar eternamente guardadas em mim...
Tem sentimentos que não sei controlar...esta saudade é um deles.
Chega e me manda rapidamente de volta numa espiral do tempo até você.
Ah! que saudade!
Não tem nada não...depois passa, tudo passa...até esta saudade...eu sei!

By: Mari

4 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Nem sei bem falar de saudade, mas sei que eu vivo com saudades.
Saudades de tudo de bom que já passou, mas sabemos que passa. Buscamos as energias nas lembranças e seguimos em frente.
Bom dia Mari!
Xeros

Dilmar Gomes disse...

Olá amiga. Tudo passa. Mas a saudade...
A nossa mente volta-se para o passado, para relembrar a nossa história, porque não podemos ver as coisas que vão acontecer no futuro.
Diz-se, tudo passa, inclusive a saudade. Entretanto, algumas lembranças ficam para sempre impregnadas na nossa memória. A saudade de um grande amor, a perda de um ente querido, essas lembranças são eternas...
Um grande abraço.

Tatiane Garcia disse...

Q bacana...acho bárbaro transformar saudade em algo poético!!! as minhas saudades costumam doer!! e isso rende pelas poesias não é ???
bjobjo, bom findi!!!

JOE ANT disse...

“A vida é como uma espiral e não como uma linha reta. Passado e futuro se encontram em um infinito presente”.

A espiral é a essência do mistério da vida. Assim como se centra, ela também pára, se encontra, se retorce e, então, desce e sobe novamente em graciosas curvas. O tempo se retorce em torno de si mesmo, trazendo os ecos e vibrações enquanto que os caminhos vivos da espiral passam próximos um do outro. A vida corre por estradas sinuosas, os seres se encontram em determinados pontos de suas caminhadas, se entrelaçam, se afastam, partem, retornam às origens. O ponto de partida também é o ponto de chegada trazendo-nos a questão do retornar sempre, reencontrar-se e se renovar.
****
Isto não é meu!
Mas define todas as vivências e saudades.

As espirais também circulam dentro de nós, a energia circula em espiral, é onde a matéria e o espírito mais perfeitamente se encontram, e o tempo, por ele mesmo, não existe. Os nativos lembram as diversidades da vida e dos caminhos, e não compreendem o mundo de forma linear, o seguir em frente em uma única direção como se a vida fosse uma linha reta traçada entre um ponto de início e um de término. O destino é sempre ir além. O grande desafio de todo ser, por natureza um guerreiro trilhando as estradas das espirais da vida, é essa busca, é o retorno, é a partida, é caminhar em círculos/ciclos assim como caminha a natureza, pois somos parte dela. É fazer girar a roda do tempo, não nos prendendo em nenhum ponto em específico porque, assim, podemos vislumbrar os mais diversos pontos que compõem a espiral.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails