Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


domingo, 20 de fevereiro de 2011

Bom dia!


Todo mundo sabe que sou fã incondicional de Clarice Lispector.
Ontem à noite estava lendo alguns livros já lidos e relidos dela...
Deixo aqui para seu deleite, alguns fragmentos dela!



"Vou te fazer uma confissão: estou um pouco assustada. 
É que não sei aonde me levará esta minha liberdade... 
Não é arbitrária nem libertina. Mas estou solta."



"Não entendo, apenas sinto. 
Tenho medo de um dia entender e deixar de sentir".



"Amanheci em cólera. Não, não, o mundo não me agrada. 
A maioria das pessoas estão mortas e não sabem, 
ou estão vivas com charlatanismo. 
E o amor, em vez de dar, exige. 
E quem gosta de nós quer que sejamos alguma coisa de que eles precisam. 
Mentir dá remorso. 
E não mentir é um dom que o mundo não merece."



"Que a minha solidão
me sirva de companhia,
que eu tenha coragem
de me enfrentar, que eu
saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir,
como se estivesse plena de tudo". 


"Amar os outros é a única salvação individual que conheço: 
ninguém estará perdido se der amor e às vezes receber amor em troca."


"... Minha alma não é imaterial, 
ela é do mais delicado material de coisa. 
Ela é coisa, só não consigo consubstanciá-la em grossura visível. 
Ah! Meu amor, as coisas da alma são muito delicadas. 
A gente pisa nelas com uma pata humana demais..."



"Posso ser leve como uma brisa,
ou forte como uma ventania,
depende de quando, 
e como você me vê passar" 



"...Sabe o que eu quero de verdade?!
Jamais perder a sensibilidade, mesmo
que ás vezes ela arranhe um pouco a alma.
Porque sem ela não poderia sentir
a mim mesma..."!


Renda-se, como eu me rendi. 
Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. 
Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.



Não tenho tempo pra mais nada, ser FELIZ me consome muito! 

6 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Bom dia Mari!
Isso é que são fragmentos para começar a semana e de Clarice Lispector, nem me fale.
Bom domingo
Xeros

Majoli disse...

Bom dia Mari, perfeitas e marcantes escolhas.
Adoro Clarice Lispector.
Vou destacar, de todas essas frases, duas que dizem muito do meu eu:
"Não entendo, apenas sinto.
Tenho medo de um dia entender e deixar de sentir"

"...Sabe o que eu quero de verdade?!
Jamais perder a sensibilidade, mesmo que às vezes ela arranhe um pouco a alma.
Porque sem ela não poderia sentir a mim mesma..."!

Beijos de um domingo de muita paz minha querida.

Chica disse...

Serr feliz é o melhor que podemos fazer...Lindo! beijos e um domingo bem legal!chica

Dilmar Gomes disse...

Amiga Mari, a Lispector, realmente, é demais; escritora de uma sensibilidade sui-generis. Tu estás em boa companhia.
Um grande abraço.

Vivian disse...

Olá!!

Ficou magnífico o post!!
Uma combinação perfeita de imagens e frases!!A Clarice é muito intensa!
**Vim te convidar para participar de um Meme Literário.
É bem simples, está nesta link:
salablogfloreselivros.blogspot.com
Se puder, participe?!
Beijos!

manuel marques disse...

A imortal.

Beijinho.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails