Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Nunca e sempre...?



Ontem, depois de um pequeno stress com um colega de trabalho, quando fui me desculpar porque percebi que tinha me exaltado um pouquinho, ouvi a seguinte frase:
 
“Eu sei que todos temos problemas, mas veja no meu caso por exemplo, eu nunca descarrego nada em cima de ninguém! Estou sempre alegrando as pessoas!"
 
Eu então disse a ele:
“Feliz você meu amigo, que “nunca” descarrega nada em ninguém...e consegue sempre alegrar quem te cerca!"
 
Fiquei pensando muito sobre isto ao longo do dia.
Como alguém consegue tamanha proeza...“nunca” se estressar e nem ter um momento daqueles onde simplesmente explode e depois percebe a merda que fez, volta atrás, pede desculpas...enfim, aprende um pouco mais. E ainda por cima....está sempre alegrando as pessoas! Realmente não é para qualquer um!
 
Para mim, a vida é um grande aprendizado, onde algumas vezes acertamos e noutras erramos. Em minha opinião, mais importante do que só acertar é reconhecer quando se erra!
Importante também é ter humildade suficiente para reconhecer o erro e se desculpar quando for o caso, seja com o outro ou desculpando a nós mesmos.
Acredito que a gente pode e deve contribuir com o bem estar e felicidade das pessoas com as quais convivemos...
Mas “nunca” e “sempre”...são termos muito fortes!
Acredito que foi isto, ou melhor, foram estes dois termos que me fizeram refletir. Eu particularmente, não aprecio muito estas duas palavrinhas:
 
“nunca”      e      “sempre”
 
Afinal de contas...”nunca” é muito tempo e “sempre” é toda hora...
 
Podemos criar grande ou nenhuma expectativa ao fazermos uso delas! Tudo depende de como e quando as pronunciamos...e muito depende também de como as pessoas as recebem e compreendem!
 
Eu penso que existem algumas palavrinhas muito perigosas de se usar a todo momento...e principalmente de se usar assim, sem pensar, estas duas que mencionei agora são apenas algumas delas.
Muito na vida da gente é uma questão de treino...perseverança e dedicação.
O uso de certas palavras e frases também são...eu pratico muito isto, eliminei já há algum tempo algumas palavras e expressões do meu vocabulário, tomo cuidado mesmo para não utilizá-las...Não é nada fácil, como disse...precisa de treino, mas a gente consegue mudar até mesmo os padrões mais intrínsecos quando se propõe verdadeiramente a isto.
Eu acredito sinceramente que toda palavra tem poder...por isto é que devemos prestar muita atenção ao que dizemos...porque um anjo pode passar e dizer amém! 

 By: Mari
 

10 comentários:

Chica disse...

Toco cuidado é pouco mesmo com as palavrAS ...E NUNCA e SEMPRE são usadas demais e são perigosas...beijos,chica

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Mari
Concordo com você. "Nunca" , não existe, quem afirma isso está mentindo, é muito pretensioso. "Sempre", também é uma afirmativa de quem não faz sentido, uma hora a casa cai.
Bjux

Graça Tristão disse...

MARI... SAUDADES... QUANTO TEMPO!
ESTE POST SEU É MUITO INTERESSANTE E ESTAS PALAVRAS COMO VC MESMA DISSE "SÃO FORTES" DEMAIS PARA SE DIZER... TENHO ALGUMAS EXPERIÊNCIAS NESTE ASSUNTO E PODE ACREDITAR QUE ELAS REALMENTE TEM "PODER" E DEVEMOS SIM NOS POLICIAR...
PAZ E LUZ EM TEU CORAÇÃO
BJCAS
GRAÇA

Flavio Ferrari disse...

Mari,
De um modo geral, quando alguem está usando as palavras nunca-sempre numa discussão é porque está com seu "dinossauro" ativado (a amigdala cerebral). Nessa situação, não adianta confrontar ... só piora a situação, até porque o seu dinossauro também vai estar ativo ... bj

Tatiane Garcia disse...

Nunca e sempre são palavras que andam mto próximas da soberba!!! cá entre nós, eu não confio nem um pouco em gente que anda "sempre" sorrindo...pq creio q é casca, apenas fachada...posso ser infantil neste ponto, mas sou tão transparente...se não estou bem, não represento pra ninguém...
bjobjo!!!

Pérola disse...

Eu concordo com vc minha flor,somos imperfeitos.
Nunca e Sempre ñ existem,estamos em constânte mudanças de humor e de aprendizado.
Gostei muito.
Beijo grande.

Isadora disse...

Oi Mari, sem dúvida as duas palavras devem ser empregadas com muito cuidado.
Talvez em algumas ocasiões elas possam ser empregdas, tipo: eu nunca roubei ou roubarei, ou eu sempre lavo as mãos. Duas situações extremas é verdade, mas que cabe.
Eu NUNCA poderei dizer que SEMPRE terei paciência, ou não me irritarei - rs!
Um beijinho

Lata de Luxo disse...

Ola,querida Mari.
Verdade,amiga,talvez sem pensar direito a gente use indevidamente essas duas palavras.As duas sao muito definitivas e nao deixam uma margem de flexibilizaçao.Ninguem e SEMPRE bom e feliz,e NUNCA e forte demais para ser definitiva.Adorei o post,como sempre muito pertinente e trazendo reflexao sobre temas importantes.Grande beijo.zenaide storino.


PS.deposito feito,mas nao sei como enviar o recibo para vc.Preciso do seu e-mail.Bjk.

JOE ANT disse...

Nunca digas "sempre" pois podes falhar!
Sempre a dizer "nunca" é sinal de errar!
Nunca digas "nunca" - tudo se pode esperar!
...
Em todos os campos...
Do princípio da Vida até Morte.

Andre Martin disse...

Confúcio (ou Buda?) disse que devemos sempre escolher o caminho do meio: os extremos são geralmente a pior escolha.

Também concordo que o nunca e o sempre estão para a dualidade assim como o nada e o tudo, o vazio e o infinito. São todas grandezas extremas e distantes demais para que você possa ter um equilíbrio entre elas, ou para vagar de uma para outra com naturalidade...

"Nunca diga 'jamais'; e jamais diga 'nunca'." Seria o único contra-senso aceitável (embora 'único/a' também caia no mesmo caso de palavrinha perigosa).

Quanto ao 'sempre', bem isto é um problema, de acordo com o post Parece fácil, mas é misterioso. (rsrs)

Bjs.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails