Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


quinta-feira, 31 de março de 2011

Bom dia!




Quem sabe somar deveria saber dividir...

Somar é a primeira operação matemática que se aprende, 
a que temos mais facilidade e que gostamos mais. 
Primeiro a gente gosta de somar várias vezes palitos e giz, depois brinquedos e roupas da moda, depois somar dinheiro, depois somar carros e casas, 
e sempre somar alegria e felicidade. 
Isto já é multiplicação, que também é fácil de aprender, 
é só somar várias vezes a mesma coisa. 
A segunda operação que aprendemos é a subtração. 
Aí começa a ficar estranho. 
Principalmente quando tem que pedir emprestado na casa do vizinho, 
digo, casa decimal ao lado. 
Ninguém gosta mais de diminuir do que somar. 
Quando chega na divisão é quase um desespero, 
ainda mais quando sobra um resto. 
É que ninguém entende aonde ou pra quem vai ficar o resto. 
Até no cotidiano ninguém gosta de dividir nada. 
A dificuldade no aprendizado não parece a toa, 
o homem rejeita essa prática. 
Quando o homem aprender a dividir corretamente e saber onde deve ficar o resto, entenderá que é o mesmo que somar para alguns, mantendo a quantidade de outros, sem necessariamente subtrair de alguém, ou seja, é o mesmo que somar igual para todos; entenderá também que somando os restos teremos mais um inteiro divisível, fazendo outros felizes. 
O resultado final também é uma soma, a soma da felicidade geral. 
Poderíamos até chamar esta operação de soma distribuída. 
Com esta visão, com certeza a matemática daria mais resultados, talvez fosse dispensável aprender contas de dividir e os homens continuariam felizes a somar palitos, brinquedos, dinheiros, carros, casas e felicidade, porém não somente para si. 


(Ricardo Junior)

5 comentários:

Vivian disse...

Bom dia,Mari!!

Lindo texto!!
E com o amor, dividir é MULTIPLICAR!!!
Ainda bem que a lei da matemática não se aplica nele!!
beijos!!

angela disse...

Brilhante e inspirador.
Amei de verdade.
Vou pensar e quem sabe escrever algo.
Estou sempre em falta, andei com problemas com o provedor depois que me mudei...uma chatice.
beijos

Dilmar Gomes disse...

Bom dia, amiga. Muito bom o texto quetu postas hoje. Só os insensatos não concordarão com o conteudo deste texto.
Um grande abraço.

manuel marques disse...

Magnifico.

Beijo.

JOE ANT disse...

Pouco tenho para dividir.
Não multipliquei muito!
O pouco que somei com o pouco que pude subtrair, me deixaram apenas com uma soma de "boas amizades", e com muita família.
Resta-me os dias, os meses, os anos que ainda possa (e, consiga) viver, para seguir somando.
Para que possa, no entretanto, repartir.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails