Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


sexta-feira, 2 de setembro de 2011

O melhor presente...o presente!




Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, 
que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, 
que nos levam sempre aos mesmos lugares. 
É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, 
para sempre, à margem de nós mesmos.

(Fernando Pessoa)

&*&

E o meu tempo de renovação chegou.
Jamais poderei mudar o passado...e nem quero, pois existem lá muitas coisas, momentos, sensações e pessoas que estarão eternamente tatuados em mim...pelo bem, pela alegria, pelo amor, pela dor, pela tristeza que me fizeram vivenciar.
Finalmente aprendi a conviver e a viver tão somente com as boas recordações, com tudo aquilo de bom que me fez suspirar de emoção e encheu meu coração de alegria.
Os momentos não tão bons...estes foram  de aprendizado e foram aprendidos, já não machucam mais, me fizeram mais forte.
O passado não volta, nem tão pouco tudo que vivemos lá.
Fizemos escolhas, escolhemos, fomos escolhidos...ou não...e o que está feito, está feito, não nos pertence mais.
Renovação no presente, presente que é cada novo dia no qual acordamos saudáveis, perfeitos e dispostos a construir um dia melhor.
O passado não podemos mudar. 
O futuro não nos é permitido enxergar, podemos até ter uma ínfima ideia de como será nosso futuro mediante as nossas ações presentes, mas é de longe só uma vaga ideia, o futuro é incerto.
Certo e seguro só o hoje, o agora, o momento presente, pois o seguinte também é mistério total.
O mais importante para mim, é conseguir abandonar certos episódios do passado...deixá-los ir de mim e olhar adiante. Já gastei muita energia e dediquei umas boas horas na tentativa vã de trazer o passado para o meu presente.
Sou grata a tudo que foi e a tudo que fui;
Sou grata a cada emoção vivida, a cada sensação compartilhada;
Sou grata a cada sonho que tive, a cada fantasia que desejei e a todas as loucuras que cometi em nome do amor e do sonho;
Sou grata ao passado, mas devo anunciar-lhe que não mais existe lugar para ele no meu presente. 
Ficam somente as recordações e não mais o desejo de repetí-lo a qualquer preço.
Acabei de dar de presente a mim mesma...a certeza de um novo presente!


By: Mari

2 comentários:

✿ chica disse...

Viver bem o presente é um grande presente, pois dele poderemos bem lembrar depois...beijos,chica

Yasmine Lemos disse...

MARI,UM FIM DE SEMANA MARAVILHOSO COM MUITA PAZ!
BEIJÃO

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails