Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Sentimentos...by Clarice Lispector

Da. Clarice tinha toda razão...


Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.

(Clarice Lispector)

4 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amiga Mari, na minha juventude, eu ficava me perguntando, por que tanta gente gosta da Clarice, escritora tão introspectiva? Pois é, hoje sei; além da insrospecção, ela conhecia muito da alma humana!
Um grande abraço. Tenhas um lindo dia.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Mari, muito lindo esse texto da Clarice. De fato esse tipo de coisa não se força. É que muitas vezes, por amor próprio ferido, levamos isso como se fosse um desafio. Então a "qurbrada de cara" é fatal, né?
Beijos com carinho.
Manoel.

Mitchel Rhuan disse...

Oi mari.. Obg por me seguir.. Eternamente grato..
Enfim..
Clarice lispector é magnifica suas palavras se encaixam perfeitamente no meu dia-a-dia..
Esse pequeno texto mostra um pouco da minha realidade, sempre amores naão correspondidos, amores mau amados, e o que me resta a fazer e nada, nada se tem a fazer, infelizmente o nada sempre esta na minha rotina, e concordo plenamente quando ela fala que queremos os amores falsos, os amores que so existem na nossa cabeça, aquele velho amor idelaizado apenas po um,, sempre desprezamos quem realmente nos quer de verdade, e fato#
Me pergunto por que tudo se torna tão complicado quando se tratamos do amor...
Bjs
Carinhosamente, Mitchel...

Mitchel Rhuan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails