Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


sábado, 1 de outubro de 2011

D. Clarice...


"É preciso saber sentir, mas também saber como deixar de sentir, porque se a experiência é sublime 
pode tornar-se igualmente perigosa. 
Aprenda a encantar e a desencantar. 
Observe, estou lhe ensinando qualquer coisa de precioso: a mágica oposta do "abre-te, Sésamo". 
Para que um sentimento perca o perfume e deixe de intoxicar-nos, nada há de melhor que expô-lo ao sol. "

(Clarice Lispector)

O conselho é sábio e profundo...
Difícil é aplicá-lo com toda sabedoria que é necessária, porque sentir é fácil, é bom, é gostoso, nos faz bem...
Agora, deixar de sentir dói, não é fácil...leva tempo. Muitas vezes um tempo que não sabemos precisar...
Deveria existir um método que nos ensinasse a simplesmente desencantar e pronto...mas não existe, as ferramentas para isto estão dentro de nós e muitas vezes não sabemos ou não conseguimos usá-las de forma tão prática e eficiente.
Quando percebemos estamos completamente intoxicados por este perfume doce que nos aquece o coração...e então, haja sol para desintoxicar a alma embriagada de tanto sentimento!


Mari

Um comentário:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Mari, haja sol! Mas o conselho é bem vindo. O sol tem purificado tantas coisas. Por que não tentar.
Beijokas no coração.
Manoel.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails