Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


domingo, 9 de outubro de 2011

O Não e o SIM...

Eu não disse que não...
Mas também não te disse "sim"...
Não neguei e também não consenti...
E onde isto me levou?
A um caminho que percorro sem você...
Você não pediu, 
e também não deixou claro o que queria...
E onde isto te levou?
A um caminho onde eu não estou a seu lado...
O fato de não termos dito "não"
Não nos isenta de responsabilidade de ter dito "sim"!


Nós não dissemos não, mas também não dissemos sim!

(By: Mari)



"Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro.
Quis tanto dar, tanto receber.
Quis precisar, sem exigências.
E sem solicitações, aceitar o que me era dado.
Sem ir além, compreende?
Não queria pedir mais do que você tinha... 
Assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana.
Mas o que eu tinha, era seu!

(Caio Fernando de Abreu)

3 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Mari, o Pe. Jonas (da TV Canção Nova) que sempre fala que "sim" é sim e "não" é não.
Porém existem para ser exprimidos. Quando não se fala não se conhecem as posições a serem tomadas, né?
Um domingo maravilhoso e cheio de paz prá você.
Manoel.

Andre Martin disse...

Ah, maldito "talvez"!!!

Andre Martin disse...

O "não-dizer" é uma forma de expressão muito tosca!
E infelizmente, acontece nos dois sentidos:
do meu para as outras pessoas,
e dos outros para mim,
(não necessariamente ao mesmo tempo)

Seguramente este tema daria munição para muita argumentação e prosa! rsrs

Beijos!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails