Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


sexta-feira, 24 de julho de 2009

Renascendo


Hoje, a mulher que habita em mim é muito mais sábia.
Deixei de ser aquela tola sonhadora que você conheceu há muito tempo atrás.
Hoje, eu estou muito mais forte e consciente,
pois aprendi com meus erros, qual o melhor caminho a seguir.
Se bem que eu sempre deveria ter sabido disto.
Sabe, eu me deixei muito de lado para fazer as coisas do seu jeito.

Mas agora eu sei que preciso, definitivamente, fazer isto por mim mesma,
ver as coisas com meus próprios olhos, sentir do meu jeito, eu preciso!
E o mais legal, é que não tenho nem um pouco de medo de tentar sozinha, de recomeçar.
Não me importa se estou certa, se estou errada,
vou simplesmente viver a minha vida do modo como eu a sinto, através dos meus olhos, da minha própria maneira de viver.
Também não importa saber o que vou manter real e o que vou manter no sonho.
Encerrou-se uma etapa em minha existência.
Não posso, não quero e não vou voltar a ver as coisas por seus olhos,
foram muitas mentiras.
Eu não sou mais aquela pessoa.
Algumas coisas quando quebram, não podem ser reparadas.
Estou retomando o controle da minha vida, dos meus sentimentos,
das minhas vontades e do autoconhecimento.
E o melhor, é que estou apenas começando esta mudança e sinto que nada,
nem ninguém pode me deter.
Vou aproveitar ao máximo esta nova fase, esta sensação de liberdade e plenitude.
Sinto que o mundo me pertence...

Estou ferida, mas não estou morta.
Estou frágil, mas não estou vulnerável aos encantos de antes.
Estou recomeçando, mas não estou com medo.
Definitivamente esta é minha hora, a minha vez, a minha chance de fazer um novo caminho e escrever uma nova história para mim mesma.
É hora de ficar sozinha, fazer sozinha, experimentar sozinha, levantar sozinha, ser feliz sozinha, chorar sozinha, gritar sozinha...
Enfim, está na hora de ser eu mesma, novamente!


By: Mari

2 comentários:

Sue disse...

Oi...
nem sei como vim parar aqui, mas
valeu a pena, viu? Adorei! Deu pra conhecer um pouquinho de vc! Parabéns pelo blog, pelo filhão... rs...
Beijinhos!

Mari disse...

Olá Su,
Obrigada pela visita e por suas palavras carinhosas.
Fico feliz que tenha gostado, volte sempre!
Beijos
Mari

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails