Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


domingo, 18 de julho de 2010

Um grande amor



Este últimos dias me sinto um tanto nostálgica. Ou seria saudosa?
Sinceramente não sei definir.
Sinto saudade do meu amor, aquele que o tempo não apaga e não deixa esquecer...
Os anos passaram mas ele não passa.
Eu sigo minha vida sem ele, mas isto não significa que eu esqueci.
Ao longo destes anos, tentei de verdade buscar outra vez este sentimento, vivi alguns momentos nos quais eu pensei que tivesse esquecido, mas me enganei, ele ainda vive aqui dentro de mim.
A gente tem essa capacidade de amar muitas vezes, mas acredito que na vida de todo mundo existe um grande amor, aquele que não passa...fica apenas esquecido. Aquele que não termina...apenas adormece. Aquele que a gente pensa que superou...mas que ainda insiste e persiste.
Eu tive um amor assim, o mais intenso e sincero que já vivi, que me fez sentir amada e completa...a mulher mais feliz do mundo...
Hoje, não o tenho mais comigo, mas ainda o tenho em mim, na pele, no corpo, no coração...
É dele que tenho saudade...
Da sua voz falando delícias nos meus ouvidos; do seu olhar carinhoso encontrando o meu; do seu sorriso malicioso a adivinhar minhas vontades; da sua boca, do seu toque, do nosso jeito de fazer amor...
O tempo passa, tudo passa...mas você insiste em ficar sempre vivo dentro de mim.
Faz muito tempo que não sei de você, quase dois anos sem notícias...mas não te esqueci, nem deixei de te amar por um minuto todo este tempo.
Acredito que é o mesmo amor que senti da primeira vez que estivemos juntos, numa tarde de janeiro...num lugar em uma das alamedas de São Paulo.
É...o tempo passou, a saudade ficou...não te esqueci ainda.
Sei que você vai ler o que escrevi...e sei que vai sentir saudade também.
Você vai sentir cada palavra na pele, no coração.
A vida tem dessas coisas que a gente não explica...ela junta e separa as pessoas quando menos esperam...
Tem coisas que a gente não explica, não entende...apenas sente!
Eu sei que o meu amor é...e será para sempre...mesmo que não nos encontremos mais, mesmo que meu olhar e o seu não se encontrem outra vez...
Fica a certeza de que vou levar você comigo onde quer que eu vá...
Assim...vou sentindo você bem perto de mim...outra vez!

By: Mari

16 comentários:

Majoli disse...

Oi Mari, hoje eu estou assim saudosa como você.
É uma vontade tão grande de reviver os momentos que passamos junto a pessoa amada, que chega a doer por dentro.
Eu, tenho vontade de gritar aos quatro cantos por ele.

Mas, me retraio...no meu caso, penso que essa saudade é só minha.

A música escolhida por você, toda vez que ouço eu choro, não foi diferente agora.
Beijos no teu ♥

angela disse...

As vezes o que fica é o amor por aquele amor tão completo, tão intenso e tão bom, as vezes não é mais a pessoa que amamos, mas a lembrança do que fomos um para o outro.
beijos

Andre Martin disse...

Eu também tenho sentido muita saudade... de muitas coisas, não só pessoas. Será a fase lunar? rs

Penso que as pessoas não são justas com a gente. A vida não é justa. Mas a gente se ajusta a ela. Talvez um jeito sábio e triste de se viver.

Eu sempre digo que não se deve apagar as memórias... afinal, elas compõem aquilo que somos hoje, nos define e nos ensina sobre viver, a sobreviver. Mas acho é saudável não nos deixar apegar a elas tampouco, pois é tão pouco!... até por muitas que sejam. O passado passou, o futuro ainda não chegou, o que nos resta é nosso presente!

Acho ainda que tem sempre (pelo menos) uma canção de Roberto Carlos na vida de cada um! Esta, então, só os que viveram um grande amor podem se sentir honrados de se identificar com ela. Triste, mas feliz os que a podem/puderam vivenciar.

É só o que posso dizer no momento.

Se suas lembranças e saudades são boas (pelo menos a parte boa delas), que sua semana seja melhor ainda!

Bjs.

Yasmine Lemos disse...

Vixi fiquei tonta...o amor verdadeiro é único,não passa,acredito nisso também.
um semana de muita paz
beijão Mari!

Delta do Amazonas disse...

"A maca de sua ignorância é a profundidade da sua crença na injustiça e na tragédia. O que a lagarta chama de fim do mundo, o mestre chama de borboleta"

Uma mulher, quando mãe fabrica um homem para nascer crescer e amar outra mulher. Uma mulher enquanto amante, lapida esse homem colocando-o pronto para ser de outra.

Começo, meio e fim...

Sem ser gestado, não seria possível homens na Terra!
Sem ser treinado, lapidado e entregue a outros amores, não haveria homens que valecem a pena.

Tenho comigo que o Amor Eterno é a nossa condição de amar eternamente.
"Saudades é o amor que fica" muitas vezes troca de nome e é assim que deve ser, pois, não é o nome que amamos e sim o amor que sentimos por alguém, quando o encontramos.

Perto dos teus Sonhos disse...

Olá Mari, primeira vez no teu blog, com licença rs =)
Sabe, eu tenho a felicidade de ter a pessoa que amo de verdade do meu lado e a tristeza de conviver com ela...
No fundo no fundo, acho que queria estar na situacao de sentir saudades de um amor tao lindo e compartilhado/correspondido, que ter de passar pela angustia que estou hoje, vendo o amor da minha vida escapando entre meus dedos enquanto escrevo...
Adorei seu texto, boa semana

cantinho she disse...

Oie minha querida, isso só acontece quando o término não é definitvo ou bem resolvido... aí a gente fica assim desse jeito... não sei de nada dessa história, mas se vc achar que é recíproco vá atrás não deixe ele ir embora de vez não, mas.... se não for recíproco é necessário que parta para outra com paz no coração, principalmente, já tive alguns relacionamentos nos quais dois deles foram realmente importantes, apaixonantes e os amei muito e de verdade e quando acabaram corri atrás, voltamos e eu só tive condições de fechar esses livros de vez qdo já tínhamos tentado todas as possibilidades, acertos e erros, aí pronto fica-se pronto para amar de novo, e escrever novas histórias, como sempre acabo as minhas relações bem resolvida eu te diria que não faço parte desse rol de pessoas que guardam um gde amor dentro de si não, guardo um carinho gigante por um desses dois que citei, mas o amor acabou, finito total. Somos capazes de amar diversas vezes na vida sim, e cada amor vem diferente porque são pessoas diferentes e por isso não se feche para novas possibilidades se vc tiver certeza que esse amor todo aí não terá como voltar, vc é linda, inteligente, humana, um ser humano como poucos são, então vc encontrará alguém especial sim, preste atenção aos sinais, ou deixe-os chegar... bem, é isso... rs
Beijo, beijo,
She. ;)

JOE ANT disse...

Mari,
Por favor compra um "Espanta-Espíritos";
consulta um "Caça-Fantasmas";
usa "Mata-Borrão" para tirar essa tinta;
mete "borracha-apagadora" para borrar esse texto.
...
Esse texto é um verdadeiro "Bloqueador-de-Rodas";
desse modo, mesmo que outro "carro" houvera para avançar, ficava impbilizado só de pensar.
***
Bem, já brinquei quanto queria !!!
Mas volto ao comentário a um texto antigo:
"Ainda não aprendeu?"
...
Agora, digo-o com inveja:
"Quem me dera ser amado assim !!!"
...
=== Vamos lá pensar acerca desse ser tão amado: "Dá Deus nozes a quem não tem dentes"

Mari disse...

Ah Majoli...

Não consigo segurar só pra mim amiga...preciso escrever, alivia a minha alma.
E quanto a música..ela fala por si!
Beijos

Mari disse...

É verdade Angela...

A gente acaba amando o amor que viveu! Perfeito isto!
Um beijo

Mari disse...

Sim André, o que temos é o presente meu querido...mas é impossível às vezes não sentir o passado tão presente!

Beijos

Mari disse...

Yasmine querida,

Você e eu somos muito parecidas amiga!
Beijos

Mari disse...

Sergio meu amigo essencial...

Disse tudo nesta frase que eu tinha esquecido "Saudade é o amor que fica"...e ficou meu amigo...e ficou!
Beijos

Mari disse...

Olá Perto dos Sonhos,

Seja bem vinda.
Esta situação que você vive...é bem ruim mesmo...é aquele momento que a gente sabe que precisa fazer algo e nem sempre sabe o que fazer.
Espero que você encontre a sabedoria que precisa neste momento!
Um beijo

Mari disse...

Sheila amiga querida...

Você já tevem um amor que você sabe que é seu, que tem reciprocidade...mas que por alguma razão que foge à sua compreensão parece que não pode ser?
Pois é amiga...é isto. Não ficou nada mal reslvido não...ficou mesmo amor recíproco, mas que não consegue estar...é complicado eu sei...mas é a realidade!
Quanto a ir atrás...ah amiga não sofro deste orgulho não...se é pra ser feliz...eu vou sim!
Obrigada lindona!
Beijos

Mari disse...

Oi Joe...

O pior meu amigo é que você realmente tem razão nas suas brincadeiras rsrs...mas é um processo que acontece devagar e eu não posso forçar a arrancar este amor assim de dentro de mim...preciso fazê-lo com cuidado para que eu não me machuque mais meu amigo. Eu sei que um dia vou conseguir não pensar mais nisto desta forma, estou fazendo tudo para isso...mas preciso respeitar o meu tempo...
Quanto a alguém que queira chegar e sentir-se inibido por este texto, não há de ser o caso meu amigo, já que este meu coração fica desse jeito na impossibilidade de seguir amando outro coração que chegue!
Um beijo

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails