Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


sábado, 27 de novembro de 2010

O perdão


Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; 
a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.

(Platão)

AME-SE INCONDICIONALMENTE!
O melhor perdão que podemos conceder é aquele que concedemos a nós mesmos.
Quando entendemos a necessidade de perdoar as nossas falhas, os nosso erros, as nosas fugas, as nossas covardias.
Quando paramos um pouco e nos fazemos perguntas como:

Quando foi que deixei de sentir felicidade, mesmo nas menores coisas?
Quando foi que que a amargura chegou e tomou conta de mim?
Quando foi que deixei de gostar de mim mesmo?
Quando foi que acordar todos os dias passou a ser um fardo?
Quando foi que eu deixei de sentir vontade de viver?

Se não pararmos para responder a estas perguntas, vamos seguir a vida carregando estes fardos enormes que nos farão cansar e desistir de seguir adiante.
As dúvidas, rancores, desilusões e decepções são muito pesados e travam a caminhada.
Por isso faz-se necessário o abandono e desapego de todos estes fardos que vamos acumulando com o tempo, sim eles nos feriram...mas cabe a nós decidirmos se vamos ou  não passar o resto da vida carregando-os onde quer que a gente vá!

Então, só resta uma coisa a fazer, libertar-se definitivamente, perdoar-se de uma vez por todas, amar-se incondicionalmente e preparar-se para recomeçar! 

(By: Mari) 

5 comentários:

Mafalda S. disse...

Temos mesmo o dever de nos amar. Se acreditarmos em Deus, como poderemos pôr em questão a perfeição da sua obra, que somos nós? Realmente temos de nos perdoar e tomar a decisão de sermos felizes!

Beijinhos

Lata de Luxo disse...

Querida Mari.
Amiga,vc sempre nos pega no que nos temos de mais caros ou preciosos a vergonha de ser e nao assumuir.Grande beijo.zenaide storino.

ⓣⓔⓡⓔⓢⓐ ⓒⓡⓘⓢⓣⓘⓝⓐ disse...

Oiee!
Será através do autoperdão que iremos aprender o verdadeiro sentido do amar-se!
bjss♥

JOE ANT disse...

Deixar de questionar-se!
Perdoar-se!
Amar-se!
Recomeçar....
A arranjar outros fardos
para continuar a carregar!
...
A vida é um ciclo vicioso!

Mari disse...

Pois é....

Eu e esta minha mania de questionar, pensar, falar, escrever...
Acho que seu parar de fazer isto, eu morro!
Beijos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails