Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


quinta-feira, 26 de abril de 2012

Mágoa não faz bem...



Eu não guardo mágoas
Nem rancores
Ou dissabores
Nem para o que me entristece
Nem para o que me aborrece
Ou para aquilo que me enfurece

O que foi feito,
O que foi dito...
Depois de digerido...
Eu simplesmente apago.

Mágoa adoece,
Mágoa maltrata,
Ou a gente esquece...
Ou a gente vive em eterna tormenta.
A mágoa macula a alma...
Adoece o físico...
Fere o espírito...
Faz perder a paz, a harmonia e a calma.

Eu não guardo mágoas,
Não cultivo ressentimentos,
Isso atrasa a minha evolução...
E impede o meu crescimento.

Eu guardo somente o que me faz bem,
Preservo aquilo que alegra meu coração,
Eternizo tudo que me fez sorrir e vibrar de emoção,
É isso que realmente conta... é para isso que os Anjos dizem amém!

By Mari

3 comentários:

✿ chica disse...

Pura verdade!Linda poesia tão profunda verdade!beijos,chica

She disse...

AMEI, queridona, amei muito, mas na prática às vezes é difícil não tê-las, mas é preciso controle para não a cultivarmos... FATO!
Saudades daqui!
Beijo, beijooooo
She

Sueli Gallacci disse...

Lindo amiga...

Mágoas são inevitáveis, carregá-las é opcional...

Bjos linda, um fim de semana glorioso!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails