Seja Bem Vindo!

Eu não preciso de ti. Tu não precisas de mim. Mas, se tu me cativares, e se eu te cativar...Ambos precisaremos, um do outro. A gente só conhece bem as coisas que cativou, por isso tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas!

(Antoine de Saint-Exupéry).


sexta-feira, 25 de março de 2011

Bom dia!



Não há problema nenhum em ser diferente! 
O grande problema é ser indiferente!

A cada dia que passa vemos mais e mais as pessoas se fechando em seus mundos, como se ali pudessem estar protegidas de todo o mal, de toda injustiça, de todo perigo...
Porém assusta-me ver quão indiferentes as pessoas estão se tornando!
Proteger-se é sadio até o ponto em que esta proteção não o aliene do mundo em que vive!
Ser/estar indiferente às coisas que nos cercam, às dores alheias, aos problemas em nossa comunidade, é simplesmente estar deixando dia-a-dia...de ser humano!


By: Mari

4 comentários:

Yasmine Lemos disse...

ÊEEEEEEEE adorei! alto astral. Como você falou Mari, tem uma multidão se olhando no espelho ou para o próprio umbigo.Indiferença é uma das mais cruéis formas de maldade contra o próximo.
beijo e um fds de muita alegria

Tati disse...

Oi Mari, cheguei aqui rindo da foto e saio reflexiva. Que pensamento intenso! E tão real. Acho que muitas vezes passamos por situações assim, em que nos protegemos e nos afastamos. Mas esta situação precisa ser transitória, para que não ocorra este desfecho trágico: deixar de ser humano! Triste!
Beijos.

Denise disse...

Distanciar-se, pode ser saudável, na medida adequada. Tua reflexão profunda fez jus ao título fantástico que escolheu: me assusta tb!!

Um ótimo fds, querida.
Bjo

Cacá - José Cláudio disse...

A indiferença faz mais mal do que um xingamento. É realmente a alienação do mundo. Bom dia, Mari! Paz e bem.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails